Estima-se que, por minuto, entre 13 ou 14 pessoas poderão passar pelo processo de embarque biométrico, número duas vezes maior que o atual, realizado de maneira manual. A tecnologia é baseada na identificação de uma característica física e intransferível das pessoas, como a impressão digital ou o reconhecimento facial.

A Latam Airlines foi a primeira companhia aérea a utilizar o novo sistema do aeroporto da capital uruguaia. Para o período de transição ao novo método de embarque, a empresa designou uma equipe que desde o início do ano trabalhou no desenvolvimento da adaptação dos sistemas Vision Box e Sita para uma plena utilização.

O reconhecimento facial para procedimentos migratórios em aeroportos tem sido usado desde o início de 2016. Os Estados Unidos foram os pioneiros no assunto.

Fonte: PANROTAS.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?