Clientes da Gol podem utilizar serviço de self bagagem e despachar bagagem em 40 segundos sem a ajuda de atendentes.

O Aeroporto Internacional Tom Jobim – RIOgaleão – no Rio de Janeiro (RJ), inaugurou um sistema de autoatendimento para despacho de bagagens em voos domésticos da Gol Linhas Aéreas. Com quatro postos de “self bagagem”, como foi chamado pela empresa, os clientes poderão despachar malas sozinhos, em um processo que leva cerca de 40 segundos, menos da metade do tempo que uma pessoa leva quando recorre ao atendimento tradicional.

FullFace celebra um ano de parceria com a GOL na implementação do selfie check-in.

Trazer mais agilidade ao check-in e inovação para seus consumidores foram motivações que há cerca de um ano, levaram a GOL Linhas Aéreas Inteligentes a entrar em contato com a startup brasileira de reconhecimento facial FullFace. Juntas, as empresas implementaram o Selfie Check-In, processo de confirmação de reservas pelo celular, por meio de uma “selfie” do passageiro.

A solução da startup brasileira, desenvolvedora de uma tecnologia proprietária de reconhecimento da face, faz a companhia somar atualmente mais de 500 mil clientes cadastrados. Em um ano, foram realizados mais de 1 milhão de processos de Selfie Check-In.

A GOL é a pioneira no mundo em oferecer esta opção aos passageiros de voos domésticos ou internacionais. “O reconhecimento facial já é uma opção em todo e qualquer lugar que seja necessário a identificação do usuário. A FullFace tem a tecnologia que torna viável a utilização de forma segura e eficiente, em ambientes web, mobile e físicos, para que empresas quebrem paradigmas e busquem novas opções de identificar seus usuários de forma segura, ágil e inovadora”, explica Danny Kabiljo, CEO da startup.

A leitura dos pontos do rosto se dá pela estrutura óssea, ou seja, informações superficiais como barba ou maquiagem não alteram o resultado final da checagem. Ao invés de uma foto, é gerado um código com cerca de 16 mil caracteres, como um CPF facial, o que garante segurança e privacidade aos dados do cliente. Nenhuma outra companhia aérea no mundo possui esta tecnologia.

Desenvolvido pela Sita, o Scan&Fly é capaz de analisar o peso e a dimensão de uma bagagem automaticamente. O viajante só precisará bipar com um scanner o cartão de embarque e depois a etiqueta na mala, que deverá ser retirada previamente num totem de self check-in, comum nos aeroportos. Todas as instruções estarão numa tela e, caso algo dê errado, o cliente será aconselhado a procurar um atendente, que a Gol deixará a postos para auxilia-lo.

A solução busca agilizar o atendimento de passageiros e trazer mais comodidade. Ana Cristina de Souza, gerente operacional de aeroportos da Gol, explica que a intenção é dar mais opções para os passageiros e que a empresa vai mantes os “atendentes humanos” para aqueles que preferirem.

A expansão da tecnologia da tecnologia no RIOgaleão ainda não está prevista, diz ela, e vai depender da aceitação do público. “Por enquanto, vamos mantes só para voos domésticos”, afirma. Por outro lado, a Gol pretende levar a mesma tecnologia para o Aeroporto Internacional de Guarulhos até o fim do ano, com também quatro postos de self bagagem.

Elbson Quadros, vice-presidente da Sita para a América Latina, diz que a tecnologia vai acelerar o atendimento no aeroporto do Rio. Segundo ele, enquanto um atendimento convencional consegue despachar malas de 20 passageiros a cada hora, o self bagagem consegue atender 60 pessoas. Ele diz que a tecnologia tem diminuído o número de atendentes em aeroportos em aeroportos nos países desenvolvidos.

Ainda de acordo com o executivo, o RIOgaleão é o primeiro aeroporto no País a utilizar o self bagagem. A Infraero deverá adotar a mesma tecnologia em alguns dos aeroportos que administra em um futuro próximo, diz Quadros.

Fonte: IP News.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?