Viasat venderá banda larga residencial, corporativa e para o setor de aviação civil em modelo de revenue share com a Telebras. Também fornecerá a infraestrutura para o programa federal Gesac.

A empresa norte-americana Viasat assinou um acordo estratégico com a Telebras. O contrato prevê que a Viasat forneça a infraestrutura terrestre para funcionamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC).

Lançado em maio 2017, o satélite passou quase um ano no espaço sem usar sua capacidade civil por falta de infraestrutura em solo. Com o acordo, a Telebras poderá, finalmente, entregar os serviços de inclusão digital para o qual foi concebido.

A estatal vai receber cerca de R$ 663 milhões do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para colocar em prática o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Conforme as empresas, a Telebras vai usar a infraestrutura da Viasat para entregar acesso à internet banda larga em comunidades pouco atendidas, postos de saúde, hospitais, escolas e órgãos públicos.

O contrato prevê que a Viasat toque o programa Gesac/Internet para Todos. A política pública, encampada pelo ministro Gilberto Kassab, vai dotar provedores e operadoras com capacidade de baixo custo em rincões do país. Ali, as empresas poderão revender a conectividade adquirida do satélite público, com incentivos fiscais.

Em contrapartida

O acordo dará à Viasat o direito de exploração comercial de uma fatia da capacidade do SGDC. O equipamento tem 56 Gbps de banda Ka. Quanto disso a empresa poderá usar, não está claro, ainda.

Segundo a companhia, haverá venda de serviços de conectividade para empresas e para o mercado de aviação. Também vai espalhar hotspots WiFi conectados por satélite pelo país e vender acesso residencial de baixo preço.

Os termos financeiros do acordo não foram revelados. Conforme a Viasat, o contrato prevê partilha das receitas obtidas (revenue share, no jargão executivo). A Telebras calcula que o acordo resulte em receita de ao menos US$ 1 bilhão (US$ 3,2 bilhões) ao longo dos próximos 10 anos.

A Viasat já começou o despacho de equipamentos para o Brasil. Estima que as vendas comecem em abril.

Fonte: Tele.síntese.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?