BRASÍLIA – Voto vencido dentro do governo na decisão de conceder o aeroporto de Congonhas, o Ministério dos Transportes vai pedir uma reunião extraordinária do conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para reavaliar a questão.

Também para agradar ao partido, a pasta avalia a reabertura do aeroporto de Pampulha (MG) para voos de longa distância. Depois da concessão do aeroporto de Confins o terminal passou a operar apenas voos que não conectam Belo Horizonte a alguma outra capital.

As duas medidas vinham sendo objeto de pressão nos bastidores do governo. Hoje, o jornal Folha de S. Paulo informa que a retirada de Congonhas foi prometida pelo presidente Michel Temer ao ex-deputado Valdemar Costa Neto, que na prática lidera o PR na Câmara. O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, é deputado eleito pelo PR de Alagoas. Segundo pessoas próximas, ele integra de uma ala “independente” do partido.

Fonte: Estadão.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?