MADRI – Menos de dois anos após a sua inauguração, o Aeroporto de Jericoacoara já se prepara para ganhar o status de aeroporto internacional. A Secretaria de Turismo do Ceará já iniciou os preparativos para a transformação do terminal e espera que ele esteja apto para receber voos de fora do Brasil até o fim de 2019.

“Jeri vai passar a ser internacional. Até o final do ano a gente espera estar com tudo homologado para receber voos internacionais. Já estamos com uma reforma interna e incluindo mudanças de fiscalização com o apoio da Receita e da Polícia Federal”, afirma Arialdo Pinho, secretário de Turismo do Ceará, que ainda destacou que o estado pretende iniciar a captação de voos somente após as autorizações e licenças homologadas.

CEARÁ SEGUE EXPANDINDO CONECTIVIDADE

A transformação de Jericoacoara em terminal internacional é somente mais um entre os muitos avanços do estado na melhoria de sua conectividade aérea. Entre eles, está a ampliação do Aeroporto de Fortaleza que deve ser concluída até setembro deste ano. Com um saguão maior e mais pontes de embarque, o terminal passará a ter capacidade para 14 milhões de passageiros.

A reforma vai ao encontro do planejamento de ampliar as frequências internacionais para capital cearense. A Air France/KLM é um exemplo disso com o início, em abril, do sétimo voo regular, tornando diária a ligação da capital cearense com a Europa. Até dezembro, a expectativa é de que este número chegue a dez frequências semanais.

Outro destaque do estado é o novo voo para Aracati, operado pela Azul, que terá início em fevereiro. Longe do Litoral, o Aeroporto de Juazeiro do Norte também está em evidência. Além de estar napróxima rodada de leilões de aeroportos, o que deve garantir investimentos em sua infraestrutura, o terminal bateu recorde de passageiros em 2018.

PORTA DE ENTRADA

Arialdo Pinho, secretário de Turismo do Ceará

Arialdo Pinho vê aumento da conectividade como caminho para posicionar o estado como porta de entrada de turistas estrangeiros

Todo trabalho de expansão de conectividade nacional e internacional não visa só a chegada de turistas ao estado, mas também de tornar o Ceará a porta de entrada de turistas estrangeiros, seja qual for o destino principal. “A ideia é que o turista chegue no Brasil pelo Ceará, passe alguns dias e siga para o destino de interesse, retornando por São Paulo ou Rio de Janeiro”, afirma Pinho.

Para o secretário, a proximidade com Europa torna esta estratégia ainda mais viável. “Somos o estado mais próximo da Europa com ligações diretas para diversos países, isso nos torna o caminho mais fácil para quem visita destinos como Amazonas, Pará e Lençóis Maranhenses, além de boa conectividade com todo o Brasil”, completou o secretário de Turismo do Ceará.

Fonte: ME Mercado&Eventos.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

10 − dois =

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?